Por Francisco Vieira Vieirinha

Agora é que eles estão chegando mais perto de você. Apostando nos efeitos positivos das pré-candidaturas que será um diagnóstico para os que não fixou os olhares para os problemas sociais básico. Esses devem sentir o dissabor de não receber manifestações de apoio.

É esperado também que todos os pré-candidatos propagam o melhor marketing para chamar atenção do eleitor. O que se notou também é que o cidadão comum e as elites em época de eleição começam a andarem juntos. É preciso mudar nossa realidade para enfrentar este vicio cultural, que não seja normal nomear diretores para as estatais e desviar o dinheiro publico.

Mas o que chama a atenção é que as pessoas não ficam com raiva de empresários corruptos, de advogados, de funcionários públicos envolvidos nos escândalos. Parece que a população só fica com raiva do político e figuras públicas.

Cadê a reforma política que andava ocupando posição central desde o ano passado? Parece que não vai acontecer nada. O discurso pode ser lindo, mas só Deus sabe o que acontece nos bastidores. Quem dera conhecêssemos este ambiente e talvez nós, pudéssemos saber o que realmente eles pensam.

E tenho dito.

Por Francisco Vieira Vieirinha

Jornalista e Publicitário DRT – 0001018/TO

COMPARTILHAR