Da Redação JM Notícia


Mais de 85 mil candidatos fizeram a prova no dia 11 de março (Foto: André Borges/Agência Brasília)

Circula pelas redes sociais um documento dizendo o AOCP Concursos Públicos comunicou que o concurso público para a Política Militar do Tocantins está suspenso por conta das recentes denúncias de fraudes.

Todavia, a empresa contratada para administrar o certame declarou ao JM Notícia na tarde desta quinta-feira (22) que se trata de um documento falso que utiliza a logomarca da AOCP para divulgar uma informação mentirosa.

De fato há investigações sobre possíveis fraudes, como o caso de um celular encontrado no dia 11 de março, data da prova, em um banheiro da Faculdade Católica Dom Orione, em Araguaína (TO), que tinha um SMS com as respostas das 60 questões que foram aplicadas.

Fora isso, foi encontrado um pacote de provas com indícios de violação e alguns candidatos publicaram nas redes sociais fotos do gabarito vazio, o que é proibido pelo edital do concurso.

Leia o comunicado falso: