Da Redação JM Notícia

A Defesa Civil Estadual está acompanhando a situação de mais três municípios tocantinense

As chuvas fortes no Estado levaram o Rio Tocantins a alcançar o nível mais alto registrado este ano com 11, 72 metros. As águas do rio transbordaram no município de Marabá, no sudeste do Pará, gerando alagamento.

Várias ruas como a Velha Marabá e Cidade Nova estão debaixo d’água desde a quarta-feira (11) e as autoridades precisaram retirar cerca de 150 famílias daquele região, encaminhando-as para abrigos públicos em áreas mais elevadas da cidade.

As cheias dos rios no estado do Tocantins têm levado diversas comunidades a sofrerem com enchentes e o governo do Estado, por meio da Coordenadoria de Defesa Civil Estadual, está acompanhando desses municípios. Nas últimas semanas três cidades tocantinenses decretaram Situação de Emergência.

Moradores dos municípios de Recursolândia, no centro-norte do Estado, Palmeirante e Araguanã, no norte do Estado, estão sendo acompanhados e receberam ajuda humanitária com mantimentos, produtos de higiene pessoal, de limpeza, agasalho e colchões. Em Recursolândia, os moradores também receberam ajuda na reconstrução de casas e de bueiros em estradas vicinais; e em Palmeirante, a destinação de volume financeiro para a reconstrução de bueiro para drenagem pluvial no trecho impedido.

VEJA TAMBÉM
Wanderlei Barbosa diz que Amastha forja popularidade pelas praias tocantinenses

Em Goiatins as comunidades indígenas atingidas pelas chuvas foram assistidas pela Fundação Nacional do Índio (Funai) que já tomou as providências e acompanha a situação.