Da Redação JM Notícia

Para líder religioso, José Eliton representa a continuação do progresso de Goiás, conquistado graças a um projeto de governo que vem dando certo

O presidente da Convenção do Ministério de Anápolis, José Clarismundo César, recebeu na manhã desta quinta-feira (12), na igreja da Igreja Assembleia de Deus Ministério de Anápolis, localizada na Praça da Bíblia, o governador de Goiás, José Eliton.

Na oportunidade, o governador foi recebido por diversos pastores do ministério e de  várias cidades da região, ocasião em que falou das ações que pretende desenvolver à frente do governo do Estado.

Ao agradecer José Eliton por ter aceitado o convite da igreja para o café da manhã, o pastor Clarismundo César disse que recebia em sua igreja “um homem público probo, justo, honesto, de competência e experiência comprovadas”, ao lembrar que o governador esteve ao lado de Marconi Perillo durante quase oito anos, ocupando diversas funções no governo.

Para o pastor, José Eliton representa a continuação do progresso de Goiás, conquistado graças a um projeto de governo que vem dando certo. “Ele conhece como ninguém a máquina administrativa”, acrescentou.

O governador disse estar ciente de que os desafios a serem enfrentados são grandes, daí o porquê de ter estabelecido as prioridades. E todas elas, deixou claro, dizem respeito a uma ação voltada para o social. “Se eu tiver que escolher entre uma grande obra e uma ação social que minore o sofrimento das pessoas, contribua para a melhoria da qualidade de vida das famílias, eu não terei dúvida em eleger o social como prioridade”, enfatizou.

Para José Eliton, a igreja alinha-se entre as entidades que mais contribuem com os governos para que os jovens tenham uma trajetória de vida longe das drogas e do mau caminho. “Ela (a igreja) resgata e dá oportunidades às pessoas”, acentuou.

O governador reiterou, por fim, que governará observando princípios que considera fundamentais para um bom gestor. “Quero cumprir meu mandato respeitando as pessoas, tendo sabedoria para tomar as melhores decisões, ter equilíbrio para ser justo e prudência ao agir. Serei um governo que respeita, acolhe, compreende e ouve”, finalizou.