Da Redação JM Notícia 

O líder da Igreja Batista da Lagoinha já apresenta sintomas da doença, esquecendo nome de pessoas próximas

Durante o culto deste domingo (15) o pastor Márcio Valadão, 70 anos, pastor presidente da Igreja Batista da Lagoinha (IBL), declarou aos fiéis da igreja que pode estar sofrendo de Alzheimer.

Alguns sintomas da doença já começaram a se manifestar, entre eles o esquecimento do nome de pessoas próximas e pastores. “Pastor também enfrenta problemas”, disse Valadão.

Ele pediu aos presentes no culto daquela manhã para que orassem por sua saúde, dizendo  que precisava que um clamor fosse feito a Deus em seu favor, e explicou que vem vivendo um drama nos últimos meses.

Ao ouvirem o relato, pastores e obreiros rodearam o pastor juntamente com sua esposa , pastora Renata Valadão, e a igreja levantou um clamor pela saúde do pastor Márcio Valadão que crê na intervenção divina contra essa enfermidade.