Da Redação JM Notícia

Em 14 de maio Israel completa 70 anos de independências e as comemorações começaram nesta quarta-feira (18), seguindo calendário hebraico, com festividades que acontecerão desde as margens do Mar da Galileia, no norte, até a cidade de Eilat, no sul.

Na tradição dos israelenses, o dia da independência é um dia para passar com a família e amigos ou acompanhar os jatos da Força Aérea sobrevoando Tel Aviv, a capital administrativa do país onde David Ben Gurion anunciou a independência em 1948.

A embaixada de Israel em Brasília realizou nesta quinta-feira (19) uma cerimônia especial com espetáculos de dança e música e a presença de autoridades políticas, judaicas e militares que possuem relação de proximidade com o país, como os deputados Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e Roberto de Lucena (Pode-SP), os senadores Magno Malta (PR-ES) e Ana Amélia (PP-RS) e outros.

Durante o encontro, o embaixador Yossi Shelley fez questão de homenagear Oswaldo Aranha, o diplomata brasileiro que em 1947 apoiou a partição da Palestina britânica ao presidir a sessão especial da ONU que levou à criação do Estado de Israel no ano seguinte. “Somos muito gratos a ele e a todos os brasileiros”, disse o embaixador israelense.

VEJA TAMBÉM
Israel: o Maior Sinal do Fim dos Tempos

Em São Paulo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) também está comemorando a independência de Israel projetando a bandeira do país na fachada do prédio localizado na Avenida Paulista.