Da Redação JM Notícia

Música gospel é alçada à condição de “manifestação cultural” no Piauí

A lei de autoria do deputado Francis Lopes (PRP), que institui a música gospel como  “manifestação cultural” no Piauí, foi sancionada  pelo governador Wellington Dias (PT), neste mês de abril.

A lei estabeleceu ainda benefícios fiscais, como renúncia do ICMS para uso em operações de caráter cultural e artístico.

O objetivo do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura (Siec), é o de estimular e desenvolver as formas de expressão, os modos de criar e fazer, os processos de preservação e proteção do patrimônio cultural do Estado, compreendendo as seguintes áreas: músicas, artes cênicas, fotografia, cinema e vídeo, artes plásticas e artes gráficas, folclore e artesanato, pesquisa e documentação, literatura, patrimônio histórico, artístico e ambiental.

Ao abrir um parágrafo único ao artigo 1º na lei original, a nova legislação estabeleceu um precedente interessante: um Estado laico, ou seja, sem religião, admite legalmente a possibilidade de financiar uma manifestação de cunho religioso cristão, sobretudo evangélico.

A expressão gospel deriva da expressão inglesa “God-spell” ou Deus soletra, e as pessoas fazem alusão por algum motivo sem ser mencionado como ao Evangelho bíblico que nos narra as “boas novas ao mundo”. Sendo, com efeito, mais ligada a igrejas cristãs evangélicas.

Com informações Portal //www.portalaz.com.br