O presidente dos EUA, Donald Trump, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, se cumprimentam após discurso de Trump no Museu de Israel em Jerusalém, em maio do ano passado (Foto: Ronen Zvulun/Reuters)

Hoje é um dia histórico para para os Israelenses e para os cristãos em todo mundo. É que  nesta segunda-feira (14), os Estados Unidos inauguraram, oficialmente, sua embaixada em Jerusalém. O evento foi marcado por protestos violentos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel.

A cerimônia começou com o hino nacional americano e contou com a presença de centenas de autoridades americanas e israelenses.

Essa inauguração cumpre uma das promessas de política externa do presidente Donald Trump, ignorando a reprovação internacional e a indignação palestina, ao mesmo tempo em que a mudança reconhece Jerusalém como a verdadeira capital do estado judeu.

A cerimônia também coincide com a celebração dos 70 anos do dia em que Israel  proclamou sua independência, lutando para restabelecer uma pátria para o povo judeu.

“Hoje, cumprimos uma promessa feita ao povo americano e damos a Israel o mesmo direito que a qualquer outro país: o direito de designar sua capital”, declarou o embaixador dos Estados Unidos, David Friedman, no início da cerimônia. Com informações Estado de Minas, Globo.com, via Guiame

Assista à cobertura ao vivo no vídeo acima.