Da Redação JM Notícia

Durante o programa TV Verdade, na última segunda-feira (7), na TV Alterosa, transmissora do SBT em Minas Gerais, um debate incomum aconteceu e o vídeo, após ser liberado na internet, tem rendido muitas polêmicas entre os brasileiros.

Isso porque um dos entrevistados do programa, identificado como Marcelo, incorporou o Exu Tranca Rua e começou a discutir com outro entrevistado do programa que era pastor evangélico. A situação deixou o apresentador Ricardo Carlini sem reação.

Os participantes do programa discutiam uma chacina realizada no bairro de Pindorama, em Belo Horizonte, onde três pessoas de uma mesma família foram mortas por um homem.

Marcelo, que é umbandista, afirmava que o Exu teria o ajudado na identificação do assassino ao impedir que o homem saísse de seu esconderijo e assim tornou possível a prisão pela política.

Mas para o pastor Richard Costa, tudo o que Marcelo afirmava era “mentira de Satanás que usa as pessoas para o mal”. Foi então que Marcelo incorporou o Tranca Rua e começou a criticar os evangélicos em um debate acalorado com o pastor.

VEJA TAMBÉM
Número de vítimas de incendiário em MG sobe para 9

Marcelo, com a voz alterada, chegou a dizer que os evangélicos se acham os donos da verdade e que não respeitam as outras religiões. “Tem que respeitar todas as religiões. Vocês não são donos da verdade”, disse.

O pastor citou vários versículos bíblicos para afirmar que demônio era o responsável pelo mal e que por isso sabia onde estava o assassino. Chamando o nome de Jesus, o pastor desafiou o Exu ao vivo no programa.

O debate entre o pastor e o homem incorporado levou o programa a registrar um pico de audiência de 4 pontos, 471% a mais do que a média registrada diariamente pela atração que é de 0,7 ponto.

Assista: