Da Redação JM Notícia

Carlos Amastha, Mauro Carlesse e Kátia Abreu declararam possuir dinheiro em espécie

O Ministério Público Eleitoral irá apurar a veracidade das declarações de bens apresentadas por três candidatos a governador do Tocantins: Carlos Amastha (PSB), Mauro Carlesse (PHS) e Kátia Abreu (PDT), que declararam possuir dinheiro em espécie.

O objetivo da apuração é acompanhar a evolução de patrimônio dos candidatos, além de verificar o cumprimento de requisitos para aplicação de gastos e recursos na campanha eleitoral.

O MP declara que os candidatos terão que comprovar a existência e também a origem dos recursos que afirmam ter em espécie, além da origem de recursos de empréstimos pessoais feitos a parentes.

Cada um dos candidatos serão notificados e terão 48h para dar uma resposta ao MP Eleitoral.