Da Redação JM Notícia

Culto da Igreja Batista Lagoinha Niterói foi cancelado

Igrejas de diversas cidades brasileiras estão cancelando seus eventos por conta da greve dos caminhoneiros que tem impactado de forma negativa a vida de milhões de brasileiros.

Pela falta de gasolina e pela possibilidade de problemas de segurança, diversos pastores preferiram cancelar eventos e cultos. Um deles foi o pastor Silas Malafaia que informou pelas redes sociais que os cultos da quinta estaria cancelado.

“Devido à greve dos caminhoneiros, com reflexo na questão de distribuição de combustível e do transporte público, velando pela segurança do povo, estamos cancelando o culto da vitória de hoje, na rua Montevidéu, 900 – Penha, Rio de Janeiro. Aguardamos você na próxima quinta”, informou Malafaia nas redes sociais.

Os pastores Felippe e Mariana Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha em Niterói (RJ), cancelaram o “Culto Pink”, voltado para mulheres que aconteceria também nesta quinta.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo de São Paulo também cancou o culto desta sexta-feira e usou as redes sociais para dizer que, diante do caos instalado na capital paulista, o culto Encontro de Fé e Milagres e a Reunião de Empreendedores estariam cancelados.

VEJA TAMBÉM
MA: Convenção Ceadema elege nova mesa diretora e consagra novos obreiros

A Igreja Batista Soul, liderada por Kleber Lucas, também anunciou que não haverá culto. “Não haverá culto devido aos transtornos da nossa cidade referente à greve e falta de combustível”, informou a diretoria da igreja, que fica na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.