Da Redação JM Notícia

As queimadas causam danos ambientais (Foto: Júnior Suzuki/ Divulgação)

Provocar queimadas urbanas e rurais é crime e quem desrespeitar a legislação, causando prejuízos ao meio ambiente e a saúde da população, pode arcar com o pagamento de R$ 5 mil, de acordo com a Lei Federal 9.605/98. E para garantir o cumprimento desta lei, os órgãos de defesa do meio ambiente se uniram e nesta quarta-feira, 13, realizam a ação “Dia D” de conscientização, com o objetivo de visitar e sensibilizar os chacareiros do entorno de Palmas.

A comitiva partirá às 7 horas do Quartel do Corpo de Bombeiros Civil, na Arse 41, próximo a antiga pista do aeroporto, em direção a 20 locais, sendo regiões no perímetro urbano, com loteamento, e rurais do entorno de Palmas.

Para o gerente de Preservação e Mitigação de Desastre da Defesa Civil Municipal, Bruno Maciel, a prática de queimadas é cultural, mas, precisa ser repensada.  “Quando chega essa época do ano, as pessoas insistem nas velhas práticas com relação às queimadas. É uma cultura que precisa ser repensada. E estamos promovendo essas ações em parceria com as outras instituições, para coibir essas práticas que agridem ao meio ambiente’’, destacou.

Ação de conscientização contra as queimadas será por meio de parceria entre a Defesa Civil Municipal, Divisão Ambiental da Guarda Metropolitana de Palmas, Fundação do Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Defesa Civil Estadual, Ruraltins, Naturatins, Delegacia Civil de Crimes Ambientais e o Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

Multa

Além de ser ilegal e infligir as Leis de proteção ambiental, provocar fogo em quintal e propriedade rural gera poluição ao ecossistema e pode causar acidentes de trânsitos e danos à saúde.