Da Redação JM Notícia

Programa Balada Segura completou, neste mês, três meses de atuação, com blitze de quarta a domingo (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de retirar das ruas motoristas embriagados, de julho de 2017 a junho de 2018, a Prefeitura de Palmas realizou 221 blitize, sendo 15.121 abordagens, que resultaram em 1.867 autuações. Ao todo foram realizados 3.954 testes de alcoolemia.

Para reforçar as operações da Lei Seca, em março deste ano foi lançado na Capital o programa Balada Segura que, neste mês de junho, completou três meses de atuação, com blitz de quarta a domingo. Nos meses de operação do Balada Segura foram retirados das ruas 200 condutores embriagados, possíveis causadores de acidentes e mortes no trânsito, sendo 42 testes positivos e 18 crimes de trânsito.

Em Palmas, o programa Balada Segura conta com união de todas as forças de segurança municipais e estadual e instituições parceiras.

Tolerância zero

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Palmas (Sesmu) adverte que quando se trata de álcool e direção a tolerância é zero e a fiscalização é rigorosa. Qualquer valor acima desse referencial o condutor sofre penalidade administrativa como multa e suspensão de 12 meses da CNH. Entretanto para índice acima de 0,33 miligramas de álcool por ar expelido o condutor se enquadra em crime de trânsito. E, nesse caso, a pessoa responderá penalmente e, em caso de reincidência ou envolvimento em outro crime, não terá mais os benefícios de ser réu primário.