Da Redação JM Notícia

Diversas pesquisas ligam a fé com a longevidade (Foto: Pixabay)

A Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, divulgou um estudo que declara que as pessas que acreditam em Deus vivem, em média, quatro anos a mais do que ateus.

Para chegar à essa conclusão, os pesquisadores analisaram diversos fatores que ligam a fé com a longevidade, entre eles o fato dos religiosos levarem um estilo de vida mais saudável, sem a ingestão de álcool e drogas, por exemplo.

“Embora possa parecer uma tolice para os ateus, o estudo fornece fortes evidências de que existe relação entre a vivência religiosa e a quantidade de anos que uma pessoa vive”, afirma Baldwin Way, coautor do estudo.

O estudo foi publicado na revista científica “Social Psychological and Personality Science” e foi feito utilizando 1.601 obituários. Desses, 505 obituários foram publicados na cidade de Iowa, entre janeiro e fevereiro de 2012. Já os 1.096 obituários restantes foram publicados de agosto de 2010 a agosto de 2011, em 42 cidades do país.

Em Iowa, os religiosos tiveram 9,45 anos a mais de vida do que ateus, no restante do país a diferença foi, em média, de quatro anos de vida a mais que ateus.