Da Redação JM Notícia

Tito Wats diz que se encontrou com Jesus que lhe entregou os bilhetes que garantem a entrada para o céu

O pastor Tito Wats, do Zimbábue, foi preso pelas autoridades pela prática de crimes financeiros. Ele estava vendendo bilhetes para o céu no valor de 500 dólares. A prisão aconteceu em 28 de junho.

O valor é alto para os padrões baixos do país onde a média salarial não ultrapassa dois dólares. Muitos fiéis acreditaram no pastor e entregaram tudo o que tinham para poder entrar no céu.

Segundo o site Paris Match, da França, o pastor se defendeu no interrogatório dizendo que é perseguido “por fazer a Obra de Deus”.

Ele chegou a dizer para a polícia que se encontrou pessoalmente com Jesus que lhe entregou bilhetes de ouro puro que garantiriam aos fiéis a sua salvação.