Da Redação JM Notícia

Faleceu na manhã deste sábado (7) o pastor Feliciano Amaral, 97 anos, após 18 dias internado tratando de diversos problemas de saúde.

Feliciano Amaral é precursor da música cristão brasileira, gravando seu primeiro disco em 1948 pela gravadora Atlas, ligada  à Convenção Batista Brasileira.

Ele foi conhecido como “rouxinol do sertão” e por 70 anos exerceu tanto o ministério de adoração, como o ministério pastoral.

O pastor foi internado em 20 de junho no Hospital das Clínicas em Porto Velho (RO), por conta de um problema pulmonar que logo foi corrigido com tratamento médico. Contudo, os rins do pastor deixaram de  funcionar e ele voltou para a UTI onde teve uma parada respiratória que agravou o seu quadro clínico, precisando ficar sedado.

Durante toda a internação a família manteve os amigos e admiradores do pastor informados sobre o quadro de saúde, até que na manhã deste sábado, eles confirmaram o falecimento.