Da Redação JM Notícia

O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) defendeu em discurso nesta terça-feira (10) uma intervenção federal no Acre. Entre sábado (7) e domingo (8), uma guerra entre facções criminosas em Rio Branco (AC) causou a morte de pelo menos cinco pessoas. Outras dez pessoas ficaram feridas em uma série de ataques na cidade. Para Petecão, a bancada de senadores do Acre precisa se unir para reivindicar a intervenção ao governo federal.

Petecão criticou a politização do debate sobre a segurança e contestou as críticas que atribuem apenas ao governo do presidente Michel Temer a responsabilidade pela crise. Para ele, é preciso reconhecer a responsabilidade do governo do estado, que teria deixado de usar recursos já empenhados. O senador afirmou que pessoas inocentes estão sendo mortas e que a população tem medo de sair de casa.

“Só estou vindo à tribuna neste dia de hoje porque a situação está insustentável. Eu não estou falando dos crimes rotineiros, estou falando de pessoas decapitadas, pessoas que as fações filmam sendo assassinadas friamente. E eu não estou falando do Rio de Janeiro ou de São Paulo. Estou falando do meu estado, o Acre”, afirmou.