Da Redação JM Notícia

Marina Silva, pré-candidata à Presidência (Foto: Ailton de Freitas / Ailton Freitas)

Na noite desta sexta-feira (13), a pré-candidata à Presidência Marina Silva (Rede) estará na Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo, em um encontro marcado com lideranças evangélicas.

Marina, apesar de reforçar várias vezes que não deixa sua religião interferir em seus posicionamentos políticos, tentará, assim como outros candidatos, buscar apoio do público evangélico que representa quase 30% da população brasileira.

Além da candidata do Rede, outros três presidenciáveis também buscam apoio de lideranças evangélicas: o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) e o empresário Flávio Rocha (PRB).

Há uma grande diferença entre cada um deles, Marina, por exemplo, segue uma agenda progressista que zela pelo Estado laico. Bolsonaro e Flávio Rocha, reforçaram o discurso conservador em defesa da família e contra o aborto.

Meirelles é o que menos faz reivindicações religiosas e não se manifestou sobre temas polêmicos, todavia, tem buscado aproximação com igrejas evangélicas desde o final do ano passado.