Da Redação JM Notícia

Durante a reunião que aconteceu nesta sexta-feira (20) em Palmas, o MDB decidiu alguns assuntos importantes para a eleição de outubro, entre eles criar uma comissão para conversar com os três pré-candidatos ao Governo do Estado: Mauro Carlesse (PHS), Carlos Amastha (PSB) e Márlon Reis (Rede).

A comissão formada é composta pela deputada federal Dulce Miranda, pelo deputado estadual Valdemar Júnior, pelo ex-prefeito de Sítio Novo Jair Farias e por Boti.

Segundo o presidente da sigla no Tocantins, Derval de Paiva, a decisão sobre o apoio político só será definida na semana que vem, após esses encontros com os pré-candidatos.

Ainda segundo Paiva, dentro do MDB há grupos divididos quanto aos candidatos. Alguns apoiam o ex-prefeito de Palmas, outros preferem o atual governador do Estado e outros apoiam Márlon Reis.

O governador cassado Marcelo Miranda já se encontrou com Amastha, indicando um possível apoio, mesmo após os atritos que os dois tiveram nos últimos anos. Ao que tudo indica, Miranda não é a favor de apoiar Carlesse, seu substituto.