Da Redação JM Notícia 

Bolsonaro promete retirar a embaixada da Palestina do Brasil

O Brasil reconhece a Palestina como Estado desde 2010, por isso permitiu a instalação da embaixada palestina em Brasília. Mas o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro, afirmou nesta terça-feira (7) que vai retirar a Embaixada da Palestina do Brasil, caso seja eleito.

A justificativa do deputado federal é que  a Palestina não é um país. “A Palestina não sendo país, não teria embaixada aqui. … Não pode fazer puxadinho, se não daqui a pouco vai ter uma representação das Farc aqui também”, afirmou Bolsonaro, citando as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

Bolsonaro ligou o Governo palestino com o terrorismo e criticou as relações que Dilma Rousseff manteve com os palestinos durante seus mandatos.

“A Dilma negociou com a Palestina e não com o povo de lá. Você não negocia com terrorista, então, aquela embaixada do lado do (Palácio do) Planalto, ali não é área para isso”, disse.

O candidato se mostra a favor de Israel e promete estreitar o diálogo com os israelenses, além de procurar aproximação dos Estados Unidos e com países da Europa. As informações são do jornal O  Estado de São Paulo.