Um crime bárbaro ocorrido na madrugada de domingo, dia 19 de junho, chocou os moradores de Santa Luzia, no estado do Maranhão. Uma menina de apenas  6 anos de idade foi estuprada e morta no Povoado Esperantina, zona rural do município. O principal suspeito do crime, um homem de nome “Chicão”, de 45 anos, foi preso pela polícia. Ela é filha de um pastor da Assembleia de Deus.

De acordo com informações da Polícia Civil, que já iniciou investigação, a menina estava desparecida desde sábado, dia 18, e foi encontrada na manhã de domingo já sem vida e com sinais de violência sexual. O acusado, que segundo a polícia sofre de problemas mentais, é vizinho da família da vítima.

Os policiais realizaram diligências e conseguiram capturar “Chicão” que foi levado para Delegacia Regional de Polícia Civil (DR-PC), na cidade de Santa Inês, cidade vizinha. O pai da menina é pastor da Igreja Assembleia de Deus.

Ainda segundo a Polícia Civil, o acusado sofreu uma tentativa de homicido dentro de uma das celas da delegacia.

VEJA TAMBÉM
Com base em Lei do TO, Governo do Maranhão publica decreto que impede apreensão de veículos com IPVA atrasado

Após praticar o ato libidinoso contra a garota, Francisco usou um pedaço de tora de madeira para esmagar a cabeça da menina. Depois o criminoso abandonou o corpo da mesma nos fundos de um quintal vizinho a sua residência para tentar despistar os policiais.

Filha de pastor de 6 anos é estuprada e morta no Maranhão
Filha de pastor de 6 anos é estuprada e morta no Maranhão

http://www.meionorte.com/