Christian Zini, presidente regional do PSL no TO - Foto: T1 Notícias
Christian Zini, presidente regional do PSL no TO – Foto: Divulgação

Membro do Conselho Político da coligação “Palmas Bem Cuidada”, do prefeito e candidato à reeleição, Carlos Amastha (PSB), o presidente do PSL, Christian Zini, afirmou na manhã desta sexta-feira, 26, estranhar o empenho de aliados de Raul Filho para apressar o julgamento da liminar mantém sua candidatura à prefeitura de Palmas. “Vejo uma força-tarefa, um verdadeiro mutirão em torno dessa questão, mas não se sabe se todo esse empenho do grupo por Raul no STJ é para salvá-lo ou enterrá-lo de vez”, declarou.

Nessa quarta-feira, 24, os senadores Vicentinho Alves e Kátia Abreu estiveram em audiência com o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Sebastião Reis para solicitar prioridade no julgamento do mérito da sua condenação por crime ambiental. “É algo a se analisar. Pelo histórico de idas e vindas, de troca de palanques a cada dois anos em período de eleições daqueles que apoiam o candidato do PR, é muito estranho.”

Zini ironizou o fato de o candidato do PR ter sempre que se explicar que é candidato. “É uma situação constrangedora. Antes mesmo de um bom dia, ele precisa dizer para qualquer um que encontra na rua que é candidato, que vai ganhar na Justiça, etc…”, declarou.

VEJA TAMBÉM
TRF1 adia julgamento e Raul Filho continua na disputa à prefeitura de Palmas

CANDIDATURA PENDURADA

A candidatura de Raul se sustenta por uma liminar, uma decisão provisória. O julgamento, que iria ser realizado nessa quarta-feira, 24, foi adiado mais uma vez. Trata-se do julgamento do agravo regimental que tenta livrar o candidato de uma condenação por crime ambiental pela Justiça Federal (Tribunal Regional Federal da 1ª Região).

Adilvan Nogueira
Raul Filho, ex-prefeito de Palmas – Adilvan Nogueira

Para a senadora Kátia Abreu, “o processo está pronto para ser votado, inclusive com parecer favorável do Ministério Público Federal”, para que Raul Filho tenha candidatura homologada pela justiça eleitoral.