Da Redação JM Notícia

 

Sula Miranda se converteu em 2003, quatro anos depois se divorciou e desde então não teve mais relações sexuais, por entender que o sexo deve acontecer apenas no casamento.

Ao longo desses dez anos, Sula até conheceu alguns homens que quiseram namorar com ela, mas eles não aceitavam a abstinência sexual estabelecida por ela. “Geralmente, depois de um mês, eles desistiam. No começo pensavam que eu estava fazendo ‘tipinho’, mas quando viam que era sério mesmo, desistiam”, disse ela à Revista Quem.

Mas depois de muito tempo, Sula conseguiu encontrar um homem com o mesmo ideal que não só aceitou, como respeita a opção dela. “De todos que eu conheci, ele foi o primeiro que topou e está durando”, revelou a cantora que começou a namorar no final do ano passado.

“Fomos tomar um café e a primeira coisa que eu falei foi: ‘Namoro comigo é beijo na boca e pegar na mão’. Imagina uma mulher de 53 anos falar isso para o cara! A maioria pensa que estou de sacanagem, mas ele não. Ele vive as mesmas coisas que eu, tem a mesma fé.”

A artista reclama, porém, da forma como as pessoas a tratam quando descobrem que ela decidiu deixar o sexo apenas para depois de estar casada. “Parece que eu sou uma extraterrestre, mas estou em uma posição correta segundo a minha religião”, disse.

Sula Miranda, a eterna Rainha dos Caminhoneiros, fala sobre a valorização da mulher. “Somos preciosas. Não é qualquer pessoa que pode tocar em você. Não vou me sujar. Vai fazer mal só pra mim se amanhã não der certo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here