Da Redação JM Notícia

 

Um comandante das forças iraquianas afirmou que nos próximos dias o Iraque irá anunciar que conseguiu vencer o Estado Islâmico em Mossul, cidade ocupada pelos extremistas desde 2014.

“Nos próximos dias, anunciaremos a vitória final sobre o Daesh”, declarou o general iraquiano Abdel Ghani al-Assadi à AFP, em Mossul, usando o acrônimo do EI em árabe.

A cidade é o último reduto dos extremistas no país, cuja as forças armadas – com apoio logístico e bélico dos Estados Unidos – conseguiram derrotar as forças do grupo extremista do país em uma guerra que ultrapassa 250 dias de duração.

A cidade está sob o controle dos terroristas desde 2014

O fim do EI já vem sido proclamado há alguns dias, pois com a guerra sobraram cerca de 200 e 300 combatentes, sendo que a maioria deles é de origem estrangeira.

“Assistimos ao final do falso Estado Islâmico”, declarou o primeiro-ministro iraquiano, Haider Al-Abadi na última quinta-feira (29).

Os terroristas também estão perdendo espaço na Síria, onde a única cidade que continua sob o controle deles é Raqqa. Nas demais cidades, os extremistas perderam e a população começa a retomar suas vidas.

VEJA TAMBÉM
Autor de ataques em Barcelona gritou "Alá é grande" antes de ser morto

O porta-voz da coalizão liderada pelos Estados Unidos, o coronel americano Ryan Dillon, também comentou sobre a retomada de Mossul. “Não posso pôr um cronograma para isso, mas vejo mais uma questão de dias do que de uma semana, ou de várias semanas”, declarou.