Da Redação JM Notícia

A morte do jornalista Marcelo Rezende comoveu milhões de brasileiros que admiravam a trajetória do apresentador, um dos principais âncoras do jornalismo brasileiro.

Em meio a comoção, alguns fãs relembram a maldição lançada contra ele pelo apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, que comentou a doença do apresentador como sendo “justiça de Deus” por conta de uma reportagem.

Em 2012 a Rede Record lançou uma série de notícias denunciando que Santiago lavava o dinheiro que recebia de dízimos e ofertas adquirindo fazenda e gados no Estado de Mato Grosso.

Marcelo Rezende foi o jornalista que esteve à frente dessas denúncias a quem Santiago chamou de “malfeitor” durante o culto, profetizando que a doença – descoberta em maio deste ano – o faria “definhar como a erva verde”.

“Uma vez um malfeitor me maltratou tanto que meu deixou tão transtornado, tão triste (…) Um dia eu perdi a paciência e disse: ‘quer saber? Que a mão de Deus te pese hoje’. Sabe o que está acontecendo com ele? Deixe o malfeitor que por ele murchará como a erva verde”, declarou Santiago citando Salmos 37:2.

VEJA TAMBÉM
Igreja Mundial anuncia projetos sociais na Angola, onde é proibida de fazer cultos

O vídeo deste dia voltou a circular nas redes sociais, fãs do jornalista criticaram Santiago pela “maldição” lançada contra Rezende que era tão querido pelos telespectadores.

Uma das postagens mais compartilhadas, quase 8 mil compartilhamentos, dizia que Santiago deveria estar se vangloriando com a morte de Rezende. “Tu vai pagar ainda, cara… Nem te chamo de pastor que você não merece”, declarou o usuário.

Nos comentários diversas pessoas xingaram Santiago declarando que ele não conhecia a Deus e que é um falso pastor. “Seu Valdemiro você é um pastor falso, mentiroso e enganador”, declarou outro usuário.

Arrependido, Santiago chegou a declarar a cura do apresentador

Quando viu que suas palavras foram criticadas nas redes sociais, isso em maio deste ano, Santiago apareceu em outro culto declarando a cura de Marcelo Rezende. A sua retração, porém, não teve a mesma repercussão que suas primeiras palavras contra o jornalista.