Da Redação JM Notícia

Várias padarias de donos cristãos estão enfrentando a fúria do movimento LGBT por se negarem a fazer bolos de casamento para pessoas do mesmo sexo. Agora o movimento gay ganhou apoio do Templo Satânico e juntos tentarão encontrar uma forma na lei para obrigar esses empresários a atenderem seus pedidos.

A campanha do Templo Satânico é pedir que os homossexuais façam pedidos de bolos satânicos para essas padarias. Como a lei americana protege as religiões, esses empresários seriam obrigados a aceitarem o pedido.

A ideia é de Lucien Greaves, fundador do templo satânico, ele chamou essa campanha de “SatanCakes. O principal objetivo, segundo ele, é induzir o Supremo Tribunal “a considerar a adição de orientação sexual como proteção de classe ou tirar a religião do status de classe protegida”.

“Se esses autoproclamados defensores da liberdade religiosa querem aproveitar seu privilégio religioso para negar o serviço aos casais do mesmo sexo, talvez gostem de fazer um bolo para Satanás”, afirmou Greaves ao Huffpost.

VEJA TAMBÉM
Cristãos fazem ato profético em Miami antes da chegada do furacão Irma

A única preocupação do satanista é sobre o nome membro da Suprema Corte, Christian Neil Gorsuch, que é um cristão conservador e pode impedir que sua ideia de prejudicar os empresários cristãos ganhe respaldo jurídico. Com informações Hello Christian.