Presidente da CEADEB pede retorno do pastor Israel Alves

Pastor Israel Alves deixou a convenção em 2010, juntamente com pastores de 330 templos da capital

Da Redação JM Notícia

Presidente da CEADEB pede retorno do pastor Israel Alves

Por meio de um vídeo, o pastor presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia (CEADEB), Valdomiro Pereira da Silva, comentou sobre os problemas judiciais que envolvem a igreja Assembleia de Deus de Salvador (ADESAL) e a destituição do pastor Israel Alves Ferreira.

Silva lembra que a Assembleia de Deus foi fundada em 1919, sendo que em Salvador foi fundada em 1930. “É importante lembrar que em 1936 a convenção foi fundada”, explicou.

A CEADEB surgiu para unir as igrejas do estado, fazendo uma ponte para a vida do pastor Israel que está há 20 anos na frente da ADESAL. “Em julho de 1997, o pastor Alves Ferreira foi empossado pela CEADEB como pastor presidente da Assembleia de Deus Salvador”, declarou o presidente da convenção citando então a mudança no estatuto da igreja que foi a primeira ação de Israel ao assumir o cargo, em dezembro daquele mesmo ano.

Em 2009, outro estatuto foi assinado pelo pastor Israel, tirando a convenção do documento. O pastor Ferreira lembra que o pastor Israel tentou ser presidente da Convenção Estadual, mas foi impedido e não pode pleitear o cargo. Por conta disto, o presidente da ADESAL impediu que a CEADEB se reunisse na igreja para realizar a assembleia ordinária.

VEJA TAMBÉM
Presidente da CEADEB conclama fieis para clamor pela 110ª AGO que começa nesta segunda (03)
Pastor Israel Alves Ferreira

Mas foi em 2010 que a ADESAL rompeu todos os vínculos com a CEADEB e o caso foi parar na justiça. Recentemente o caso foi julgado determinando a destituição do pastor Israel da presidência da Igreja de Salvador e a nomeação de um novo pastor.

“Nós queremos neste momento convocar o pastor Israel para que o mesmo retorne à convenção. Ele será tratado como obreiro, a CEADEB estará cuidando dele e da igreja de Salvador”, declarou ao afirmar que a igreja da capital baiana tem passado por muitos problemas.

O presidente pediu que todos os pastores para voltarem para a convenção, para juntos possam completar a obra de Deus na Bahia.

Assista:

Mim emocionei com a atitude do nosso Pastor Presidente da nossa querida CEADEB Valdomiro Pereira.

Posted by Alberto Aragão on Monday, November 20, 2017

 

Entenda o caso

O Tribunal de Justiça da 5ª Câmara Civil do Estado da Bahia, por unanimidade, destituiu o pastor Israel Alves Ferreira e pastor José Pereira Lima dos cargos de presidente e vice-presidente da Assembleia de Deus de Salvador (ADESAL).

VEJA TAMBÉM
Convenção Baiana instala trabalho missionário no Tocantins

A Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia (CEADEB), presidida pelo pastor Valdomiro Pereira da Silva, entrou com o processo contra o pastor Alves após ele se desligar da convenção em 2010 e mudar o estatuto da igreja para tirá-la do controle da CEADEB.

A Convenção tentou órgãos internos das Assembleias de Deus no Brasil para impedir o desligamento do pastor e da igreja, mas não teve sucesso. Sendo a ação judicial a última alternativa que restava.

Com a decisão, publicada em 9 de novembro, a CEADEB terá que indicar o nome de um pastor para assumir a presidência. O escolhido foi o pastor Eliude Amaral que deverá ser aprovado pelo conselho local para poder assumir o cargo.

Enquanto isto, o pastor Israel Alves Ferreira continua no cargo, tentando recorrer da decisão para não perder a posição que ocupa há 20 anos.