Da Redação JM Notícia

O pedagogo Luciano Coelho, à esquerda, esteve na CCJR durante a audiência pública. Vereador Filipe Martins ao centro e vereador Diogo Fernandes à direita.

Durante a sessão ordinária da Câmara de Palmas desta terça-feira (28), alguns vereadores responderam as críticas feitas pelo orientador educacional Luciano Coelho que, pelas redes sociais, criticou os parlamentares que foram contra a palestra de sexo ministrada em uma escola municipal.

O vereador Filipe Martins citou que o pedagogo atacou o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) a Câmara, Diogo Fernandes, e que fez outros ataques na internet, inclusive ao site JM Notícia.

“Ele atacou pessoalmente o vereador Diogo Fernandes e atacou também este Parlamento. Estou me manifestando hoje em defesa deste Parlamento”, disse Martins ao comentar também que nos ataques contra o JM Notícia, ele chamou os evangélicos de “xiitas”.

O vereador, que é evangélico, comentou também Luciano tentou se eleger algumas vezes e não conseguiu e agora tenta defender o indefensável, como foi o caso da palestra de educação sexual que foi debatida em audiência pública na CCJR.

“Eu não estou entendendo o que este cidadão está querendo, ou melhor, estou sim. É mais uma estratégia para destruir as famílias de Palmas”, concluiu.

O vereador Diogo Fernandes pediu uma parte da fala e comentou: “O que me preocupa é este tipo de gente ser orientador educacional na nossa cidade. Ele vem atacar nosso Parlamento porque estamos defendendo crianças?” questionou.

Fernandes ainda declarou que não iria dar resposta às críticas, pois se trata de um “sujeito canalha”.

Léo Barbosa, que presidia a sessão, declarou que as acusações do educador são “agressões gratuitas e desnecessárias”, motivadas por alguém que tem “uma visão destorcida da sociedade que nós queremos”.

O vereador Filipe Fernandes também quis comentar o caso e disparou que o pedagogo é “analfabeto político, malando, calhorda e incompetente”. Ele ficou revoltado com os ataques feitos ao Parlamento e ao JM Notícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here