Da Redação JM Notícia

Presidente de Convenção Bahiana anuncia desligamento da CGADB

O presidente da CEMADEB – Convenção Evangélica de Ministros de Ministros das Assembleias de Deus do Estado da Bahia e Outros, Pastor Valdinei da Conceição Santos, informou com exclusividade ao site JM notícia, que pediu o seu desligamento da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Segundo Valdinei da Conceição Santos, a CEMADEB vai acompanhar o pastor Samuel Câmara na criação da CADB  – Convenção da Assembleia de Deus do Brasil:

“Informo a todos os Ministros que formamos a CEMADEB com filiais nos estados de Alagoas, Pernambuco, Sergipe, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Camboriú-Sc, Rio Grande do Norte, Espirito Santo e outros, com filiais em mais de 90 cidades do estado da Bahia, que estamos filiando à CADB, neste novo projeto do Pastor Samuel Câmara. Nossa Convenção tem em seu cadastro mais de 600 ministros filiados em todo estado da Bahia e outras Coordenadoria regionais e estaduais”.

MOTIVO – “Nossa convenção tem vida própria, templo próprio, no entanto, devido a essa política da Convenção Geral, não conseguimos nossa registro, por isso, somos ligados à CGADB, por meio da CEADDIF, do pastor Giovani Neres, do DF, disse Pastor Valdinei da Conceição”.

VEJA TAMBÉM
Pr. João Batista Oliveira, líder da Ciadseta em Xambioá -TO sofre infarto e segue internado em Araguaína –TO

O pastor afirmou ainda que, a CEADDIF tinha um compromisso de dar emancipação à CEMADEB, no entanto, nada foi feito à respeito.

Pastor Valdinei da Conceição Santos

Pastor Valdinei finalizou afirmando que 664 ministros vão se filiar à CADB.