Da Redação JM Notícia

As siglas juntas receberam 215.918 votos (24%), dos 890.851 válidos no Estado do Tocantins

Nesta segunda-feira (11) aconteceu em Palmas um encontro com cerca de 40 prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças políticas de todo o Estado. Nesta reunião os partidos Progressistas, PRB e PPS lançaram um forte grupo político, com foco nas eleições do próximo ano. De acordo com dados da última eleição, as siglas juntas receberam 215.918 votos (24%), dos 890.851 válidos no Estado do Tocantins.

Na ocasião, o nome do deputado federal César Halum (PRB) foi lançado oficialmente como pré-candidato ao Senado da República. A candidatura do republicano recebeu a chancela do presidente estadual do Progressistas, deputado federal Lázaro Botelho, e do Partido Popular Socialista (PPS), representado pelo seu presidente estadual, deputado estadual Eduardo Bonagura.

O encontro não discutiu composição para a chapa majoritária ao Governo do Tocantins. Os presidentes regionais do PPS, Progressistas e PRB asseguraram que esse tema será discutido mais proximamente das convenções no ano que vem, quando as candidaturas ao Palácio Araguaia estiverem mais consolidadas.

PRB

Em discurso emocionado, César Halum afirmou que sua candidatura é irreversível e nasce de um grupo de três partidos que nas últimas eleições estaduais tiveram quase 25% dos votos do estado. O parlamentar afirmou que a frente está aberta a outros partidos e destacou o PSC, que estava representado no encontro pelo seu presidente, deputado estadual Osires Damaso. “Temos aqui líderes políticos de todo o estado e de vários partidos. Agradeço de coração o apoio e quero contar com a força de cada um de vocês, para que o nosso projeto seja concretizado. Estou preparado para o enfrentamento e sei o que precisamos para chegarmos ao Senado Federal”, disse o pré-candidato.

VEJA TAMBÉM
Procurador lança pré-candidatura sem partido ao Governo do TO

Progressistas

Segundo os líderes partidários da Frente, o apoio a Halum se dá no campo ideológico e programático e que sua eleição representa a união de homens e mulheres que desejam o crescimento do Tocantins. “Araguaína tem a tradição de ter um senador da República. Tivemos Benedito Vicente Ferreira, Carlos do Patrocínio, por dois mandatos, e o saudoso João Ribeiro. Agora, tenho certeza que o César está preparado para essa missão de representar o Norte e o Tocantins no Senado”, disse Lázaro.

A deputada estadual Valderez Castelo Branco (Progressistas) também hipotecou apoio à candidatura de César Halum ao senado. “Quero dizer que temos um deputado federal com capacidade para representar o Tocantins no Senado e vamos levantar essa bandeira. São duas vagas e peço a todos os companheiros, prefeitos, vereadores e líderes, que apoiem o César Halum para uma dessas vagas em disputa”, finalizou.

PPS

O presidente Regional do PPS, deputado estadual Eduardo Bonagura, destacou o trabalho de César Halum na Câmara dos Deputados e lembrou que ele traz o legado desenvolvimentista de João Ribeiro. “Na presença de tantos líderes, de norte a sul desse Estado, nós entendemos que esta é uma construção positiva no sentido de criarmos musculatura política para 2018 e assim elegermos o nosso senador César Halum”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Amastha decide na quarta se irá apoiar os candidatos do segundo turno

PSC

Para o presidente estadual do PSC, deputado Osires Damaso, o Estado precisa de pessoas que se preocupem com os cidadãos e, de acordo com ele, seu partido quer caminhar ao lado de um grupo que se preocupa com todos. “Por isso César Halum, conversando com as pessoas que o apoiaram, você é um dos homens mais preparados para ser Senador do Tocantins”, completou.

Prefeitos

Já o vice-presidente da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM) e prefeito de Wanderlândia, Eduardo Madruga, falou sobre a difícil situação dos gestores tocantinenses. Ele ressaltou que é importante representantes fortes em Brasília, para apoiar os prefeitos, especialmente em um momento tão complicado e de escassez de recursos como o atual.

“Temos dos dois deputados, os mais atuantes em Brasília, que são nossos companheiros em Brasília. É por isso que temos que fortalece-los, para termos mais recursos, para aumentar o Fundo de Participação dos Municípios, que a cada ano é menor. E temos aqui dois deputados, Halum e Lázaro, que são nossos fieis representantes em Brasília”, declarou.