Da Redação JM Notícia

Projeto atende 19 crianças e adolescentes em situação de risco

O deputado estadual Eli Borges (PROS) visitou o Projeto Sementinhas do Amor que acolhe e reintegra cerca de 19 crianças e adolescentes em situação de risco. A entidade é apoiada pela Superintendência de Ações sobre Drogas da Secretaria da Cidadania e Justiça, por meio de emenda parlamentar do deputado.

Acompanhado do superintendente de Ações sobre Drogas, José Américo Júnior, Eli Borges participou de um café-da-manhã e conversou com as crianças e os missionários que cuidam do projeto.

“Nós temos que escolher o caminho do bem. Depende de você, das escolhas que vocês precisam fazer. Vocês têm uma chance. Nós estamos dando, aqui nesse lugar. Eu estou aqui porque é meu trabalho de deputado, mas também porque precisamos ter misericórdia, porque um dia já passei por situações difíceis e não uso isso para me limitar, mas para ajudar ao próximo”, disse o deputado.

O Projeto Sementinhas do Amor é ligado à Comunidade Sementes do Verbo, que realiza atividades culturais, esportivas e de lazer, oferece oficinas pedagógicas e de reforço escolar e integra as crianças e adolescentes acolhidos de forma participativa na sociedade.

VEJA TAMBÉM
Membros da APRORIOS visitam Eli Borges para agradecer apoio

Na casa trabalham 12 missionários voluntários, além disso a entidade oferece atendimento com dentistas, pediatras, psiquiatras, entre outros profissionais que auxiliam no trabalho junto com os acolhidos.

Uma escola próxima da casa, localizada no Jardim Aureny III, recebe as crianças e, em parceria com o Serviço Social do Comércio (SESC) do bairro, realizam atividades culturais e esportivas.

“Para além disso também desenvolvemos atividades espirituais que ajudam nesse equilíbrio e restruturação da humanidade desses menores acolhidos aqui”, afirmou a coordenadora do projeto Sementinhas do amor, Irmã Maria Isabel.

Mantido por doações, o projeto Sementinhas do Amor desde abril deste ano conta com um fundo de 70 mil reais, resultado de emenda parlamentar do deputado Eli Borges, que auxiliam nos gastos fixos como energia, água e mantimentos por dez meses.

O trabalho realizado com crianças e adolescentes, na maioria deles filhos de usuários de drogas, tem como propósito evitar que eles sigam os mesmos passos dos pais, como bem observou José Américo.

“O Sementinha do Amor faz esse trabalho de tentar resgatar o vínculo entre os filhos e os pais, até mesmo porque para resgatar a guarda os pais e responsáveis precisam passar por todo procedimento de tratamento e realmente demonstra que estão aptos a ter a guarda”, declarou o superintendente de Ações Sobre Drogas da Seciju.