Da Redação JM Notícia

Endereçamento de Palmas voltará a ser composto por quadras, alamedas, quadras internas e lotes

Os vereadores de Palmas aprovaram nesta terça-feira (16) o projeto que prevê a volta do modelo de endereçamento antigo da cidade. Com isso, as ruas deixam de ter dois modelos de endereço ao mesmo tempo.

Os 18 vereadores presentes, o vereador Júnior Geo não estava na sessão, aprovaram o texto da Prefeitura e realizaram três sessões extraordinárias em sequência para que a lei passasse pelos três turnos de votação que são exigidos.

Sendo assim, endereços de Palmas passam a ter quadras, alamedas, quadras internas e lotes. As quadras residenciais voltam a ser chamadas de ARNE, ARSE, ARNO e ARSO de acordo com a região da cidade onde estão localizadas (Norte, Sul, Leste e Oeste).

O projeto também prevê a mudança na numeração das quadras que passam a ter apenas dois números, não mais três números como é hoje.

Cartórios de Registro de Imóveis x Correios

O maior problema do endereçamento é que os Cartórios de Registro de Imóveis ainda usam a configuração antiga, enquanto os Correios e a população adotaram a nova forma. Essa divergência se mantém por 18 anos.

VEJA TAMBÉM
Raul Filho obtém liminar no STJ para disputar eleição; Lúcio diz que a justiça foi feita

A Prefeitura entende que é mais barato mudar as placas nas ruas que mudar os nomes nos cartórios. Com a aprovação do projeto, as mudanças das placas e nos Correios devem acontecer em até dois anos.