Da Redação JM Notícia

Plano visa aumentar o consumo de vegetais e água

Uma pesquisa divulgada nos Estados Unidos ligando a fé à obesidade deixou o médico cristão Daniel Amen intrigado e o fez criar um programa de emagrecimento para evangélicos.

O estudo dizia que as pessoas que começam a frequentar a igreja na casa dos vinte anos são mais propensas a se tornarem obesas que as que não frequentam a igreja. “Eu realmente orei sobre isso”, explicou Amen à CBN News.

Ele começou a reparar em sua volta e ficou incomodado até mesmo com os lanches que eram vendidos na cantina, alimentos que fazem mal à saúde. “Era como se salvássemos a alma para depois matarmos o corpo”, declarou.

Foi então que ele começou a pensar que a igreja precisa encarar a obesidade como problema e procurar soluções. “Você sabe que não está certo quando lembra que seu corpo é templo do Espírito Santo”.

Como especialista em imagens cerebrais, Daniel Amen é autor de dois estudos que mostram que, quando o peso aumenta, o cérebro realmente encolhe. Fora isso, ele relembra que a obesidade reduz a qualidade de vida, gera diversas dificuldades de saúde e pode levar a uma morte precoce.

VEJA TAMBÉM
Após derrubar mais de 30 templos, Governo do DF regulariza terrenos de três igrejas

“Não queremos ver isso nas igrejas evangélicas”, afirma ele que resolveu criar “O Plano de Daniel”, que tem ligação com o profeta bíblico que fez uma dieta à base de vegetais e água.

O programa de emagrecimento Plano de Daniel tem duração de seis semanas e oferece um processo de reeducação alimentar que deve ser seguido por toda a vida. A base é ingerir muitos vegetais e muita água.

O Dr. Amen lembra que o consumo de água em abundância ajuda na perda de peso pois, às vezes, o nosso cérebro nos engana. Pensamos que estamos com fome, quando realmente estamos com sede.

Várias igrejas dos Estados Unidos têm implementado o programa, e o material começa a ser disponibilizado em outras línguas para ser usado em igrejas de outros países.

O lançamento foi na igreja Saddleback, do pastor Rick Warren. “Por que estamos fazendo isso? Porque Jesus morreu por seu corpo e o Espírito Santo vive em seu corpo. A Bíblia diz que um dia prestaremos conta perante Deus sobre a forma como fomos mordomos do corpo que Ele nos deu,” disse Warren na ocasião.