Da Redação JM Notícia

O número de endividados de Palmas é 4,4% menor que o registro feito em janeiro de 2017

Segundo a Federação do Comércio (Fecomércio) do Tocantins, cerca de 67,4% dos moradores de Palmas estão endividados. Número 4,4% menor que o registro feito em janeiro de 2017.

O cartão de crédito foi apontado como o vilão do orçamento por 71,6% das famílias endividadas. Em segundo lugar fica o financiamento de veículos (24,3%) e os carnês (23,8%). Logo atrás aparecem os financiamentos de imóveis (13,5%), crédito consignado (8,8%) e cheque especial (6,1%).

Entre as famílias endividadas, 11,3% estão com alguma parcela atrasada, sendo que a média de atraso é de 50 dias. A maioria das dívidas está parcelada para ser quitada em até oito meses.

O levantamento mostra que apenas 0,1% dos entrevistados disseram ter certeza que não conseguirão pagar as dívidas em fevereiro. 7,2% não souberam responder e 58,6% vão pagar apenas parte do que devem.

As dívidas comprometem uma parte considerável da renda dos palmenses, 72,4% dos entrevistados disseram que fica entre 11% e metade da renda total. 18,1% dos palmenses têm dívidas que comprometem mais da metade do orçamento familiar.