Da Redação JM Notícia

Segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a soma da remuneração dos brasileiros cresceu no último trimestre, encerrado em dezembro de 2017 com 1,9% a mais que o trimestre anterior (de julho a dezembro).

Para a Secretaria Geral da Presidência da República, os dados refletem a recuperação da economia e da atividade do período, com o comércio mais movimentado por conta das compras de final de ano.

Outro fator que faz o governo acreditar na recuperação financeira do país é que este número foi 3,6% maior que o do mesmo trimestre de 2016, o que representa R$ 6,6 bilhões a mais, indica o IBGE. O rendimento médio real habitual permaneceu estável nas duas comparações,  no valor R$ 2.154.