Da Redação JM Notícia

Vereadores da base e o prefeito de Lagoa do Tocantins Nonato Nestor

A Câmara Municipal de Lagoa do Tocantins resolveu suspender a transmissão das sessões pela rádio Criativa FM e também pela internet, causando um verdadeiro debate entre os vereadores da base e da oposição. Isso porque a decisão partiu do presidente da Casa de Leis, Ruberval Aires, e dos vereadores da base.

A justificava seria economizar dinheiro suficiente para aquisição de um novo veículo, mas os vereadores da oposição se manifestaram contra a decisão e acusam o prefeito Nonato Nestor (PSB) de ter pedido a suspensão da transmissão.

O vereador Hélio Vaqueiro, vice-presidente da Câmara, declarou que a ação é antidemocrática e imoral, pois priva a população de poder acompanhar as ações do legislativo municipal mais de perto.

“Nós queremos que a rádio continue fazendo a transmissão, porque é de extrema importância que a comunidade tenha acesso à informação do que é feito para ela e com o dinheiro público”, ressaltou Hélio. A rádio é principal veículo de comunicação da cidade, tanto na área urbana, quanto na rural.

VEJA TAMBÉM
Prefeito de Lagoa do Tocantins nomeia filho, nora e irmã a cargos públicos na cidade
Vereadores da oposição desejam manter as transmissões das sessões via rádio e internet

A oposição explica que a rádio Criativa FM também era responsável pela transmissão das sessões via internet, com o fim do contrato a população não terá mais acesso ao que acontece na Câmara.

Para evitar que as transmissões sejam canceladas definitivamente, o vereador Professor Moisés Fernandes, que faz parte da oposição, sugeriu apresentar uma Projeto de Lei para reduzir o salário dos parlamentares e assim custear a manutenção e a divulgação das sessões, mas os vereadores da base negaram o pedido.

Votaram pela não renovação do contrato, os vereadores Ruberval Aires, Emanuela Batista, Urbano Lopes, Vanderlan Vieira e Edísio Rodrigues. Já os vereadores Hélio Vaqueiro, Samila Ribeiro, Moisés Fernandes e Sidney Araújo votaram pela manutenção do serviço.