Da Redação JM Notícia

O Congresso Gideões Missionários da Última Hora (GMUH) pode não ser realizado este ano por conta de um projeto de lei apresentado pela vereadora de Camboriú Jane Stefen (REDE).

Com o número 003/2017, o PL dispõe sobre a instalação e funcionamento de feiras e eventos temporários na cidade, exigindo uma licença prévia da Prefeitura para ser realizado.

Além disso, o texto versa sobre as áreas para que os comerciantes possam vender seus produtos durante os eventos, determinando uma área mínima de 20m² para cada estande, tendo uma planta do evento que comprove o local onde cada vendedor ficará.

“O presente projeto tem como objetivo estabelecer normas para instalação e funcionamento de atividade destinadas a realização de feiras e eventos temporários no município de Camboriú. Esta normatização é importante visto que os comerciantes da cidade são prejudicados com a instalação de comércios temporários de forma irrestrita”, diz o texto.

O pastor Hueslen Ricardo gravou um vídeo nesta quarta-feira (14) para explicar o que está acontecendo. Como vice-presidente do Gideões Missionários da Última Hora, ele se manifestou contra o projeto e se mostrou preocupado com a possível aprovação dele.

VEJA TAMBÉM
Gideões Missionários da Última Hora Extensão Oficial Tocantins divulga cartaz de preletores confirmados

“Alguns comerciantes da cidade articulam com pessoas que não conhecem o trabalho do Gideões”, disse o pastor. “Gideões é uma obra linda”, completa ele citando que mais de mil famílias estão em 44 países ajudando famílias com ações sociais e evangelísticas.

Esses trabalhos, são sustentados pelas ofertas e pelos valores arrecadados com o comércio de produtos durante os dias de Congresso, comércio esse que poderá ser proibido por este projeto de lei.

Crise no GMUH faz projeto depender ainda mais do comércio

Recentemente o pastor Reul Bernardino, presidente dos Gideões, gravou um vídeo declarando que o ministério tem sofrido com problemas financeiros. “Estamos enfrentando em nosso querido Brasil uma crise financeira que pegou geral. E por que o Gideões ficaria ilesos?”, questionou.

Aproveitando o momento, o pastor Reul Bernardino divulgou o 36º Congresso Gideões Missionários da Última Hora que acontecerá entre os dias 21 e 30 de abril na cidade de Camboriú (SC).

Os valores arrecadados com o comércio durante o evento ajudam a sustentar os 1.187 famílias de missionários em campos em diversos países, assim como as obras sociais mantidas por eles.

VEJA TAMBÉM
Gideões: Cabo Daciolo grava vídeo respondendo ao pastor Hueslen Santos

Leia o Projeto de Lei

Assista o vídeo do pastor Hueslen Ricardo

Opinião sobre o Projeto que está na Câmara de Vereadores, que interfere nos Congresso dos GMUH e outros eventos!

Publicado por Hueslen Ricardo Santos em Quarta-feira, 14 de março de 2018