Da Redação JM Notícia

Segundo um relatório elaborado por duas das mais importantes universidades católicas da Europa, 42% dos jovens de 16 a 29 anos de Portugal não se identificam com nenhuma religião. Os demais, 58%, se declaram cristãos, sendo a maioria católica. Porém, metade deles não são praticantes.

Com o nome de “Os jovens adultos europeus e a religião“, o relatório foi publicado nesta quarta-feira (21) pelo Centro Bento XVI para a Religião e Sociedade, uma parceria entre a Universidade de St. Mary, do Reino Unido, e o Institut Catholique de Paris, em França.

Os resultados mostrados nesse estudo deve contribuir para a discussão do Sínodo dos Bispos dedicado à juventude, encontro de bispos católicos que irá acontecer em outubro deste ano para debater assuntos sobre a fé dos jovens e a relação com a Igreja Católica.

O documento não fala apenas dos portugueses, mas do comportamento religioso de jovens de 22 países europeus, tendo o Stephen Bullivant, professor de Teologia da Universidade de St. Mary, como autor principal deste estudo que utilizou dados recolhidos pelo estudo European Social Survey nas edições de 2014 e 2016 para analisar o comportamento desse público.

VEJA TAMBÉM
Mostra com imagens de pedofilia e zoofilia é cancelada em Porto Alegre

Fé dos jovens europeus

O país com a maior quantidade de jovens sem religião é a República Checa, com 91% de pessoas entre 16 e 29 anos que não possuem ligação com nenhuma crença. Em segundo lugar está a Estônia com 79%, seguido pela Suécia com 75%, Holanda 72%, Reino Unido 70%, e Hungria com 67%.

Gráfico mostra a porcentagem de jovens entre 16 e 29 anos que se declaram sem religião na Europa