Da Redação JM Notícia

Cintia Ribeiro, vice-prefeita de Palmas

A vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro deve assumir o comando do Paço Municipal no próximo dia 03 de abril, em evento a ser realizado no Espaço Cultural. Sai o PSB e entra o PSDB de Geraldo Alckmin no comando do município, o que de certa forma é um ganho político incalculável para qualquer legenda comandar uma capital.

No entanto, o PSDB do senador Ataídes Oliveira, presidente regional do partido no Tocantins e pré-candidato a Governador, notificou via edital, a vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, para que se manifeste sobre o processo de expulsão que o diretório metropolitano ingressou contra ela, após tentativas sem sucesso de notificá-la pessoalmente, via cartório e via correio.

No edital de notificação, assinado pela relatora do caso, Kennya Kelli Rangel Oliveira, a vice-prefeita tem dez dias, a contar de quarta-feira, 28, para apresentar defesa, conforme determinação do Art. 165 do Estatuto do PSDB. “Tal defesa deverá ser instruída com todos os documentos e provas que entenda necessários”, ressalta o documento.

Segundo o Jornal Opção, Cinthia Ribeiro afirmou que o senador Ataídes precisa aprender a fazer política. “Ele precisa se preocupar é com o crescimento do partido e também até com a situação jurídica dele, para saber se está ou não inelegível”, lembrando da  condenação de Ataídes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por doação supostamente ilegal à campanha do ex-governador Siqueira Campos (DEM), em 2010.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here