Da Redação JM Notícia

Durante visita a Gurupi, no sábado, 31, o governador Mauro Carlesse anunciou uma força-tarefa de combate à criminalidade no Tocantins. A medida busca reduzir os índices de violência e aumentar a sensação de segurança da população. As ações unem as polícias Civil e Militar para um trabalho conjunto em todo o Estado.

“Vamos colocar as polícias nas ruas. A partir de agora, a população vai sentir a diferença, porque o policial não ficará mais no quartel, o lugar dele é na rua atendendo a população e dando segurança a todos”, assegurou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras, e o secretário de Estado da Segurança Pública e da Cidadania e Justiça, Deusiano Pereira de Amorim, se reúnem nesta segunda-feira, 2 , para definir as ações de execução da força-tarefa.

“Mediante determinação do governador, vamos nos reunir para traçar metas para esse trabalho. É possível sim realizar uma ação conjunta e assim aumentar a segurança do cidadão”, afirmou o comandante-geral.

Reunião CDL de Gurupi

Também em Gurupi, o governador Mauro Carlesse reuniu-se com o presidente da Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Jovino Ribeiro de Moura, membros da diretoria da entidade e empresários gurupienses. Ele ouviu reivindicações da classe, em especial na área tributária.

VEJA TAMBÉM
Atendendo solicitação do deputado Carlesse Governo autoriza recuperação da TO-373

Os empresários querem a revisão do sublimite do Simples Nacional e revisão do ICMS do gado, bem como apoio ao comércio varejista e atacadista do Estado. “Tenho a preocupação de industrializar o Estado. Sem indústria, o comércio sofre com a falta de produção. Queremos atrair empresas e, para isso, vamos incentivar os investimentos”, garantiu o governador aos empresários.