Da Redação JM Notícia

Um pastor que cumpre missão na Ásia foi preso pelas autoridades daquele país (não revelado por questões de segurança), gerando grande comoção entre os cristãos que se comprometeram a orar por ele.

O pastor João Marcos Barreto Soares, da Junta de Missões Mundiais, fez um apelo de orações sobre este caso e após alguns dias recebeu a notícia de que o pastor detido foi deportado para um país europeu.

“Agradecemos a todos que oraram e manifestaram seu apoio nesse momento difícil. Que Deus os recompense. Temos diversas preocupações ainda, notadamente com os demais obreiros da região. Mas confiamos em Deus e em seu cuidado, disse o Pr. João Marcos.

Em vários países da Ásia o Evangelho é perseguido e os líderes são condenados por divulgarem suas crenças na Bíblia e em Jesus Cristo. Com o pastor fora daquele país, as preocupações se volta para a comunidade cristã estabelecida ali.

“Ore também pela família deste nosso missionário, pelos processos que seguem, pelos obreiros locais, pelos convertidos na Ásia e pelas decisões que precisaremos tomar. Estamos confiantes que aquele que começou a boa obra a concluirá”, diz.