Da Redação JM Notícia

Ex-presidente petista tem até sexta-feira, 6 de março, para mudar seu domicílio eleitoral

O ex-presidente Lula (PT) tem declarado a seus correligionários que a também ex-presidente, Dilma Rousseff, quer disputar uma vaga no Senado ainda sem saber por qual estado irá tentar conquistar os votos. Como Dilma perdeu o cargo de presidente ao sofrer impeachment em 2015, mas não seus direitos políticos, ela poderá sim se candidatar a qualquer cargo público.

Segundo a revista Veja, a própria petista tem procurado uma aliada no Congresso para adiantar seu plano e o PT já começou a contratar pesquisas para avaliar as condições de vitória da ex-presidente.

Dilma pretende mudar seu domicílio eleitoral do Rio Grande do Sul para o estado onde ela pretende disputar a vaga no Senado e entre as sugestões apresentadas estão Tocantins, Minas Gerais e Piauí. Dilma tem até sexta-feira para mudar seu endereço.