Da Redação JM Notícia

Maxciliane Machado Fleury, presidente do PSDC

O PSDC no Tocantins fechou acordo com a senadora Kátia Abreu (PDT) para as eleições suplementares que acontecerão no dia 03 de junho deste ano.

Segundo fonte do JM Notícia, a Ata do PSDC declarando apoio a Kátia Abreu já estava elaborada, no entanto, o ex-prefeito Carlos Amastha (PSB), que contava com o apoio do PSDC em sua campanha, ligou para o presidente Nacional da legenda, que determinou por meio de Resolução, que o candidato a ser apoiado pelo PSDC no Tocantins é Carlos Amastha.

Na Resolução assinada pelo vice-presidente Nacional da Região Norte, Belsasar Roberto Lopes, ele afirma que “a lealdade é a marca da Democracia Cristã” e ainda que “No Tocantins, em sua Capital Palmas, esteve e está ao lado do ex-prefeito Carlos Franco Amastha”.

MUDANÇA

Segundo fonte ouvida pelo JM, a direção nacional do PSDC vai intervir no partido e alterar o comando da legenda:

“Com certeza deve mudar a direção do partido no Estado. O que o Eymael sempre prezou é com o compromisso, e ele tem compromisso com o Amastha”.

VEJA TAMBÉM
Reunião articulada por Kátia Abreu atrai representantes de 13 partidos

O JM Notícia tentou ouvir o presidente do partido, Max Fleury, mas as ligações não foram atendidas.