Da Redação JM Notícia

Pastor Wagner Medina é presidente da A.M.E Luz nas Nações e será presidente da CADB no Rio Grande do Sul

O pastor Wagner Medina, presidente da A.M.E Luz das Nações tomará posse do cargo de presidente da Convenção das Assembleias de Deus do Brasil (CADB) no Rio Grande do Sul no próximo dia 11 de maio, quando a instituição missionária passará a ser filiada da Convenção liderada pelo pastor Samuel Câmara. O evento está previsto para acontecer no Rio de Janeiro.

Antes filiada à convenção da Assembleia de Deus Ministério União, o pastor Medina recebeu o convite de se integrar na nova convenção, criada em dezembro do ano passado, assumindo então a direção dos trabalhos no estado onde está sediada a A.M.E.

“Depois de muitos dias de oração e conversas administrativas, aceitei assumir esse compromisso que é um grande desafio para o RS, crendo que tudo isso é proposito de Deus para nosso Estado Gaúcho”, declarou o pastor em entrevista ao JM Notícia.

A relação entre Wagner Medina e Samuel Câmara começou há 5 ou 6 anos, quando o pastor gaúcho foi convidado para uma reunião em Belém (PA) para assumir a TV Boas Novas no Sul do país, compromisso que acabou não sendo firmado. No final do ano passado, o pastor Joel Serra fez contato com Medina para convidá-lo para a CADB recém-criada já com o propósito de assumir a convenção estadual.

VEJA TAMBÉM
Pastor Wagner Medina toma posse como presidente da CADB no RS
Pastor Wagner Medina e sua esposa, pastora Nádia Neves Medina

Focada em missões, a A.M.E conta com 240 pastores, mas ao se filiar à CADB, o pastor Medina deverá se responsabilizar por cerca de 1.200 pastores do estado que se filiarão nos próximos meses. “Nossa expectativa é muito grande pois queremos realizar um trabalho de aproximação de igrejas e Pastores que se identificam muito com a Assembleia de Deus”, declarou o pastor.

Ele será responsável por fazer o diálogo com os pastores do Rio Grande do Sul, desenvolvendo estratégias para que as igrejas e convenções tenham um suporte espiritual e Administrativo de crescimento mutuo. “Mostrar a CADB para aqueles líderes que ainda não conhecem esta convenção. E todo trabalho realizado pela CADB a nível Nacional também queremos participar e apoiar em forma de unidade. A missão é uma revolução que dá uma direção”, completa.

O JM Notícia tentou contato com o pastor Samuel Câmara para comentar a adesão de Medina à CADB, no entanto, as ligações não foram atendidas.

 

Sobre a A.M.E Luz nas Nações

Com mais de dez anos de fundação, a instituição com base no Rio Grande do Sul é reconhecida como uma das principais entidades missionárias do Rio Grande do Sul, sendo uma instituição sem fins lucrativos focada em missões, atuando em 28 projetos e apoiando 380 famílias de missionários com a ajuda de medicamentos, roupas, alimentos, meios de transportes e moradia.

VEJA TAMBÉM
COMADERJ deixa CADB, pede perdão e solicita retorno aos quadros da CGADB

“A missão sempre mantém a igreja jovem, e a A.M.E tem sido uma plataforma de estimular jovens a conhecerem o trabalho social, educativo e evangelístico fora das quatro paredes da igreja. Já trabalhamos no RS com missões há muito tempo e isso tem nos capacitado a ver possibilidades de crescimento na missão urbana e transcultural”, disse o pastor Wagner Medina.

Com a filiação da A.M.E Luz das Nações, a instituição deve ampliar seu horizonte e assim alcançar mais vidas. “Quando decidimos nos filiar à CADB entendemos que a visão do Pr. Samuel Câmara nos amplia muitos horizontes para que possamos alargar nossas tendas não somente no RS mas em todo território Nacional”, comenta.

A ideia é fazer com os trabalhos missionários atraiam jovens interessados em trabalhar com missões. “É impossível estar indo para o céu e não ter vontade de levar alguém junto. Então a união da AME e a CADB será algo impactante para o Reino de Deus aqui no RS”.