Da Redação JM Notícia

A cantora Vanilda Bordieri entrou em contato com a equipe do JM Notícia para dizer que sua postagem não era uma crítica ao pastor Marco Feliciano e que as pessoas interpretaram mal seus dizeres.

“Uma pessoa postou com a foto cortada, fui defender e me interpretaram mal. Jamais usaria isso para me promover, se fosse postaria o vídeo e não a foto”, disse ela.

Vanilda e Feliciano estiveram no 36º Congresso Gideões Missionários da Última Hora que aconteceu na cidade de Camboriú (SC), onde milhares de pessoas se reuniram para dias de ministrações e louvores a Deus.

Na postagem contestada, Feliciano aparece de braços cruzados em oração e a cantora com as mãos para cima, assim como as demais pessoas que aparecem no fundo da foto. O texto de Vanilda dá a entender que ela estava criticando Feliciano por não dar as mãos para orarem juntos.

O próprio pastor entendeu assim e então criticou os dizeres de Vanilda dizendo que naquele momento ninguém estava orando com mãos dadas. “Nossa amizade é tão antiga que só temos dez vídeos no FofoCantora”, explica Vanilda ao se referir da amizade que mantém com Feliciano.

VEJA TAMBÉM
Marco Feliciano, Samuel Ferreira e Abílio Santana estão confirmados no Gideões 2018

Inclusive, ela revelou que votou no pastor para deputado na última eleição e ainda fez campanha para ele. Esse ano será ela a candidata ao cargo de deputada federal, levantando as mesmas bandeiras que o pastor tem defendido no Congresso.

“Eu amo o pastor Marco, fiquei chateada porque se você for ler a postagem estou colocando que a má interpretação de uma foto causa intolerância. Eu não esperei ele me dar a mão, eu nem vi apenas fechei os olhos para receber a oração e mais nada”, completa.

Assista o momento: