Da Redação JM Notícia

Em entrevista à Folha de São Paulo, o pastor Ariovaldo Ramos declarou sua intenção de formar uma bancada evangélica formada por religiosos que seguem a cartilha progressista da esquerda política.

O pastor da Comunidade Cristã Reformada lidera também a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, que defende, entre outros pontos, o aborto, são contra a reforma da Previdência e já emitiram carta em favor do ex-presidente Lula.

Crítico da banda evangélica cada vez mais posicionada à direita, a ideia de Ariovaldo Ramos é conseguir eleger representantes que estejam ligados às pautas progressistas. Na visão dele, os parlamentares evangélicos fazem “todas as escolhas possíveis contra pobre, minorias, mulheres e trabalhador”.

Para a Folha, Ariovaldo declarou que a bancada religiosa tem mais interesse em “impor o moralismo fundamentalista sobre a nação, fazer uma ruptura com o Estado laico” do que para pregar os ensinamentos de Jesus.

“Queremos uma bancada do bem, porque a do mal, já estamos cansados dela”, disse Ariovaldo Ramos sobre os parlamentares evangélicos. “Não acreditamos no voto de cajado, ‘irmão vota em irmão’”, completou. Com Informações Folha de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here