Da Redação JM Notícia

Presidente da República, Michel Temer. Foto: Marcos Corrêa/PR

Segundo a agência Reuters, o presidente Michel Temer poderá utilizar o Exército para para desobstruir rodovias bloqueadas pelo caminhoneiros que estão em greve desde segunda-feira (21), em protesto pelo aumento do preço dos combustíveis.

A informação foi passada por uma fonte ligada ao governo, dizendo que foi uma decisão tomada pelo Governo Federal após uma reunião na manhã desta sexta-feira (25), quinto dia da greve.

Temer e os ministros da Casa Civil, Secretaria de Governo, Defesa, Segurança Nacional, Transportes, Agricultura, Fazenda, Advocacia-Geral da União e o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia se encontrado do Palácio do Planalto para buscar alternativas para acabar com a greve.

“Vamos implantar de imediato um plano de segurança para superar os graves efeitos da paralisação.  Acionei forças federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos senhores governadores que façam o mesmo”, disse o presidente.

Temer reclama que o acordo com as entidades que representam os caminhoneiros não foi cumprido. “Não vamos permitir que sociedade fique sem gêneros de primeira necessidade, que hospitais fiquem sem insumos para salvar vidas, que crianças sejam prejudicadas pelo fechamento de escolas.”

VEJA TAMBÉM
Relatório da PF aponta indícios que Michel Temer recebeu R$ 5,9 mi de propina

O presidente está preocupado com a situação de caos instalada no país. “Quem bloqueia estradas e age de maneira radical está prejudicando a população. Vamos garantir a livre circulação e o abastecimento”.

 

Assista:

Pronunciamento do Presidente da República

#AoVivo Acompanhe o pronunciamento do presidente da República, Michel Temer:

Posted by Planalto on Friday, May 25, 2018