Da Redação JM Notícia

Ícone do aplicativo de conversa Whatsapp em um smartphone (Foto: Fábio Tito/G1)

Se você recebeu a informação de que o WhatsApp será bloqueado para conter a greve dos caminhoneiros, saiba que este boato não tem procedência e se trata de uma, entre várias, notícias falsas que circulam pelas redes sociais.

A mensagem espalhadas nos grupos era a seguinte: “Pessoal, vou deixar essa mensagem aí. Bom dia. Se, porventura, aparecer aí para atualizar o WhatsApp de vocês, não o atualizem. Presidente deu ordem para bloquear o WhatsApp, entendeu? Por causa da greve aí que está acontecendo… a greve está tomando proporções, aí… enormes, entendeu? Já está afetando muita coisa, e o presidente mandou bloquear o WhatsApp. Então vai aparecer aí, atualizar o WhatsApp, vai ficar pensando que é para atualizar, vai bloquear o seu aplicativo. Beleza? Então, fica esse alerta aí… divulga esse áudio aí para deixar a população ciente aí… vamos todos contra esses safados aí…”

Ainda que a Justiça possa determinar o bloqueio do aplicativo, como já aconteceu anteriormente, não há nenhuma determinação judicial que possa bloquear o WhatsApp novamente, muito menos em relação à greve dos caminhoneiros.