Da Redação JM Notícia

O Ministério Público, o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública terão horários de trabalhos diferenciados nos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. O Estado estudo flexibilizar o expediente.

O Brasil estreia dia 17, às 15h na disputa contra a Suíça. Já na sexta-feira (22), a Seleção Brasileira enfrentará a Costa Rica, às 9h e no dia 27 de junho enfrenta a Sérvia, às 15h.

No dia 22, as repartições públicas que integram o poder judiciário terão o expediente das 13h às 18h. Já no dia 27 de junho, o atendimento ao público será das 8 às 13 horas.

Por decisão do Tribunal de Justiça, desembargador Eurípedes Lamounier, todos os prazos que se iniciem ou se encerrem nestes dias serão prorrogados para o primeiro dia útil subsequente e as medidas urgentes serão atendidas em um regime de plantão.

O Ministério Público Estadual (MPE) também terá alterações de horário. Através de um Ato do Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, publicado no Diário Oficial, a jornada de trabalho serão diferenciados nos dias de jogos do Brasil.

VEJA TAMBÉM
Mauro Carlesse visita chefe do Ministério Público Estadual

O documento fixa expediente das 13h às 18h no dia 22 de junho, sexta-feira, e das 8h às 13h, no dia 27 de junho, quarta-feira.

Na Defensoria Pública, a mudança nos horários foi publicada nesta terça-feira (12). No próximo dia 22, quando o Brasil entra em campo pela manhã, o expediente terá início às 13h e vai até o fim do expediente normal.

No dia 27 de junho, quando a seleção se apresenta no período da tarde, o expediente será das 8h às 13h.