Da Redação JM Notícia

Vicentinho acusa Carlesse de usar a máquina pública para vencer a eleição

Vicentinho acompanhou a apuração dos votos em Porto Nacional, acompanhado de sua família, e no final dos resultados ele agradeceu a todos os tocantinenses que acreditaram em seu projeto.

“Primeiro, como cristão que sou, eu quero agradecer a todos pela campanha que nós realizamos. Pelo Estado todo eu fui muito bem recebido em todas as cidades, distritos e povoados. Eu quero agradecer muito a Deus pela campanha cristalina, sincera, verdadeira, transparente, em que procurei respeitar a legislação eleitoral do meu país, desde o nosso registro de candidatura, que foi sem nenhuma ressalva, até o resultado final do segundo turno”, declarou.

O candidato derrotado, porém, não poupou críticas ao seu adversário, dizendo que Carlesse, enquanto governador interino, se utilizou da máquina pública para conseguir votos.

“Eu senti naturalmente o peso da máquina pública, senti demais. Era assim um Davi contra um Golias. Quantas nomeações, quanto abuso, abuso de poder político, abuso de poder econômico não podem prosperar no Tocantins”, disse Vicentinho Alves.

VEJA TAMBÉM
Vereadores de Palmeirópolis agradecem a Ataídes liberação de recursos para o município

Mauro Carlesse foi eleito com mais de 368 mil votos (75,14%), Vicentinho Alves teve mais de 121 votos (24,86%).

 

Apuração:

Votos válidos: 490.461

Abstenção: 355.032

Nulos: 155.627

Brancos: 17.209

Total de eleitores: 1.018.329